terça-feira, 23 de setembro de 2008

Pão e Poesia na Escola Mutirão - SP

Exposição do projeto "Pão e Poesia na Escola" no pátio da Escola Mutirão
... Se eu não tivesse "panhado" idade, se eu morasse em São Paulo... Ah, sim, eu seria aluno desta escola. Mas como querer não é poder, fazer o quê... Na quinta-feira passada, peguei o "busu" e fui pra São Paulo atendendo ao convite da Escola Mutirão que realizou como parte das festividades da chegada da primavera o "1º Concurso Literário Árvore dos Poemas". Fui muito bem recebido por todos e espero retornar outras vezes.

SOBRE A ESCOLA

NENHUM ATO PEDAGÓGICO É GRATUITO

Diz a lenda que, na antiguidade, os gregos trocavam sabedoria em grupos reduzidos em passeios pelos campos. Hoje isso acontece de certa forma na Escola Mutirão .As turmas são pequenas em ambiente envolto pela natureza.

Durante muito tempo, o conhecimento humano foi único; as pessoas, ao serem educadas, atingiam uma visão global e inter-relacionada. Nos tempos atuais, da especialização, é comum ter-se uma visão limitada.

Nós procuramos, através de temas abrangentes, mostrar como cada atividade escolar se relaciona com a outra e como esta visão do todo ajuda-nos a compreender melhor o mundo e a nós mesmos.

O mesmo se aplica ao relacionamento entre crianças e jovens, ao contrário da idéia comum de que a convivência entre eles é difícil, senão impossível. Em nossa Escola, das crianças do jardim aos jovens do ensino médio, todos aprendem, desde cedo, as vantagens de conviverem com suas semelhanças e diferenças e a importância de cada um neste relacionamento e no contexto geral. Nossos alunos convivem. O dia todo, havendo oportunidade, estão os maiores e os menores juntos, vivendo as mesmas situações. Os maiores ajudando os menores, ajudando as professoras dos menores; os menores encantando os maiores com suas brincadeiras, sua espontaneidade.

É a vida, não é assim?

Por que criá-los, os maiores sem respeito pelos menores; os menores com medo dos maiores? Se os “criarmos” assim, essa situação vai persistir, pois os menores crescerão com essa imagem: quando crescer terão direito a um espaço maior, à falta de respeito, a esquecer as regras da convivência.

É tão bonito ver os pequenos, alunos do Jardim e do Pré, escolherem seus ídolos entre os alunos das séries mais adiantadas, vê-los saindo de mãos dadas, de cavalinho. É bom saber que muitos alunos, quando vão chegando ao Colegial, já se preparam para assumir essa responsabilidade de “ser exemplo” para os menores. Isso só poderá ser atingido se houver conscientização por parte dos maiores – os do Colegial especialmente – de que suas atitudes, seus gestos, suas palavras estão ali sendo observados para serem repetidos. Essa conscientização é trabalhada no correr do curso, no dia-a-dia. Quando oferecemos o “clima de tranqüilidade”; quando colocamos os alunos ajudando as professoras, seja no cotidiano, seja em situações especiais, ou nos acampamentos; quando chamamos a atenção dos que transgridem as regras, por mais simples que sejam; quando damos a oportunidade dos alunos estarem juntos – na hora do “canto” da entrada, na hora do almoço, na hora da entrega das Fichas de Controle, nas festas, nas situações especiais de planejamento de atividades.

É o conviver.

Quer saber mais? Aqui.

...

Cultivo na minha casa, pelo menos há uns oito anos, a Moringa uma árvore originária da Índia. Aproveitei para fazer a doação de sementes aos pais e alunos. Levei também duas mudas, que fiz questão de plantar. Para saber mais sobre a Moringa acesse: 1-Limpa água barrenta, 2-Como preparar - 3-Fonte de vitamina A, 4-Contra a Dengue. Já devo ter feito a doação de +- umas 3000 sementes e ainda tenho algumas safra do ano passado, quem interessar-se, basta fazer contato no diovvani@yahoo.com.br que a gente vê como faz pra enviar.

Alunos da escola Mutirão ajudando a servir os convidados
Anna Maria S.Pimentel - Diretora da Escola Mutirão
Foi daí que sairam as quitandas (Pão de queijo, broa de fubá...)

Uma ex-aluna com velho mestre Homero Pimentel
Apresentação dos alunos


Com Paulo Urban e parentes.
Com a mãe da Edite, mãe de 5 alunos da Escola Mutirão (veja entrevista abaixo)
Entrevista com Edite - mãe, de alunos da Escola Mutirão - SP

video

video




Entrevista com Ana Luisa - filha da Edite (acima).

video

...

Próximas escolas que receberão a exposição do projeto itinerante "Pão e Poesia na Escola"

Escola Municipal Eurica Alves Moreira
26/09/08 às 08h00 – Sexta-feira (horário a confirmar)
Rua Quatorze, 24 - Bairro Novo Retiro
Esmeraldas - MG
(31) 3522-6813 - Rosa Maria Campolina Almeida (Diretora)
Próxima ao Depósito Esquinão

Escola Municipal Nilton Amaral Franco
29/09/08 às 09h30min - Segunda-feira
Rua Estireno, 15 – Petrolândia
Contagem – MG
(31) 3352-5201 – Sheila (bibliotecária) – 3353-9300 (residência)
Próxima da igreja Católica – perto da via expressa
http://br.mc357.mail.yahoo.com/mc/compose?to=sheilamurphyjunior@bol.com.br

Escola Municipal Florestan Fernandes
Dia 03/11/08 às 13h00 - segunda-feira
Rua Chuva de Ouro, 90 – Alterosa II
Betim - MG
(31) 3532-5300 – Maria Antônia (pedagoga) – 9978-8765 (residência)
Pegar a Av. Riacho das Areias (ou Marco Túlio) – passar por baixo do viaduto
maspaiva@yahoo.com.br

...

Participe da comunidade do Pão e Poesia no Orkut - aqui

5 comentários:

Lecy Pereira disse...

Comentário suspeitíssimo, mas uma das melhores postagens que já vi aqui.Parabéns, senhor Diovvani.

Cesar Lopes Pinheiro disse...

começo dizendo-lhes que meus valores sobre a vida,o ser humano,a natureza e os animais,foram todos contituidos por causa da sua ideologia sra ANA PIMEMTEL,obrigado por ter existido em minha vida,vou lembrar desta fase da minha vida pelo resto dela,se eu voltasse para esta vida de novo,só faria um pedido ao nosso pai,de que pudesse encontrar com a ANA novamente para que pudesse me moldar de novo como sou,obrigado sra ANA,EU A AMO DO FUNDO DO MEU CORAÇÃO

Cesar Lopes Pinheiro disse...

começo dizendo-lhes que meus valores sobre a vida,o ser humano,a natureza e os animais,foram todos contituidos por causa da sua ideologia sra ANA PIMEMTEL,obrigado por ter existido em minha vida,vou lembrar desta fase da minha vida pelo resto dela,se eu voltasse para esta vida de novo,só faria um pedido ao nosso pai,de que pudesse encontrar com a ANA novamente para que pudesse me moldar de novo como sou,obrigado sra ANA,EU A AMO DO FUNDO DO MEU CORAÇÃO

Cesar Lopes Pinheiro disse...

começo dizendo-lhes que meus valores sobre a vida,o ser humano,a natureza e os animais,foram todos contituidos por causa da sua ideologia sra ANA PIMEMTEL,obrigado por ter existido em minha vida,vou lembrar desta fase da minha vida pelo resto dela,se eu voltasse para esta vida de novo,só faria um pedido ao nosso pai,de que pudesse encontrar com a ANA novamente para que pudesse me moldar de novo como sou,obrigado sra ANA,EU A AMO DO FUNDO DO MEU CORAÇÃO

Cesar Lopes Pinheiro disse...

começo dizendo-lhes que meus valores sobre a vida,o ser humano,a natureza e os animais,foram todos constituidos por causa da sua ideologia sra ANA PIMEMTEL,obrigado por ter existido em minha vida,vou lembrar desta fase da minha vida pelo resto dela,se eu voltasse para esta vida de novo,só faria um pedido ao nosso pai,de que pudesse encontrar com a ANA novamente para que pudesse me moldar de novo como sou,obrigado sra ANA,EU A AMO DO FUNDO DO MEU CORAÇÃO